Sistema de transporte pneumático RGS: Máxima eficiência para as situações mais desafiadoras

Sistema-de-transporte-pneumatico

Em aplicações industriais, é cada vez mais frequente a necessidade da indústria ter que transportar materiais granulares ou em pó através de várias etapas dentro do processo de produção.

Tradicionalmente, este transporte é realizado por meio de sistemas mecânicos, representados por elevadores e esteiras, mas a perda operacional para algumas aplicações é muito grande, com perda de material e eficiência.

Como solução, a Brasmo trouxe ao mercado nacional o moderno sistema de transporte pneumático fabricado pela RGS Vacuum Systems, que garante uma solução mais higiênica, segura e eficiente para o transporte de materiais granulares e pós.

 

Sistema de transporte pneumático: entenda o que é

Sistemas de transporte pneumático são equipamentos cada vez mais utilizados em setores industriais específicos. Com o uso destes equipamentos, a indústria consegue promover a movimentação de materiais sólidos ao mistura-los com ar ou com um gás específico.

Basicamente, os transportadores pneumáticos dependem da combinação de três variáveis:

  • Volume de ar;
  • Velocidade; e
  • Pressão

Com capacidade de controlar essas variáveis, os transportadores pneumáticos permitem a transferência de substâncias sólidas em pó ou granular por meio de tubos hermeticamente fechados.

A grande finalidade de um sistema de transporte pneumático é transferir materiais de um ou mais pontos para um destino final ou para um outro processo de produção, caso das etapas de mistura, granulação, concentração, transformação e embalagem.

Além disso, a distinção fundamental entre os diversos tipos de transporte pneumático por meio deriva da forma como o movimento do material é realizado: 

  • Corrente de ar em pressão negativa (sucção); 
  • Pressão positiva (impulso).

E estas são as principais razões para o funcionamento do transporte pneumático, como você irá conferir no nosso tópico a seguir.

 

Padrão de funcionamento do sistema de transporte pneumático

Os sistemas de transporte pneumático foram desenvolvidos para que produtos e matérias-primas na forma de pós ou granulados sejam transportados de forma segura, estanque, limpa e principalmente sem quaisquer riscos de contaminação.

De uma forma simplista, a transferência de materiais sólidos (na forma de pós ou grânulos) ocorre a partir da combinação de uma diferença de pressão e do fluxo de ar ou gás no interior dos tubos.

Dependendo das necessidades, pode ser utilizado um gás diferente, como o nitrogênio, que por ser inerte, é adequado para o transporte de materiais potencialmente explosivos, ou para produtos facilmente oxidáveis.

Além disso, para que o transporte aconteça, as três variáveis que foram anteriormente indicadas são essenciais. Com base nessas variáveis, pode-se explicar os dois tipos de sistemas de transporte pneumático: fase diluída e fase densa. 

Fase diluída

Na sua fase diluída, o funcionamento do sistema de transporte pneumático pode ser explicado pela aplicação de pressão positiva (soprar) ou negativa (formar vácuo) que permitem a criação de correntes de ar no interior de tubulações ou recipientes.

Neste sistema, as partículas se misturam a um gás, geralmente o ar, e passam a se comportar como fluidos.

Fase densa

O sistema de transporte pneumático de fase densa assemelha-se ao “efeito êmbolo”. Nele, as partículas não se misturam ao fluido, com alta concentração de sólidos no interior da tubulação.

 

Sistema de transporte pneumático RGS Vacuum Systems: características e vantagens

Visando oferecer uns dos melhores sistemas de transporte pneumático ao mercado brasileiro, a Brasmo procurou uma empresa de alto nível mundial neste quesito: a RGS Vacuum Systems, passando a representá-la.

Com isso, a Brasmo traz ao Brasil mais de 20 anos de experiência no desenvolvimento de soluções inovadoras de transporte pneumático para todos os ambientes industriais.

O sistema idealizado pela RGS recebe a partir da moega com o quebrador de grumos na saída do forno e passa para o ciclone com a válvula rotativa. Abaixo do ciclone, há um moinho para manter a granulometria e tamanho exigido pelo cliente. 

Os produtos caem por gravidade em um dos dois silos das máquinas de embalagem através de uma válvula desviadora. 

Quando a máquina de embalagem entra em operação, os produtos dentro do silo são descarregados no sistema de pesagem da ensacadeira com a ajuda da moega fluidizada do silo.

Como vantagens, este sistema oferece:

Gera baixo resíduo

A baixa geração de resíduos é uma vantagem considerável dos sistemas de transporte pneumático RGS, principalmente em comparação com os transportadores mecânicos clássicos. 

Consequentemente há um significativo aumento da flexibilidade de instalação, operação e manutenção.

É totalmente livre de poeira

Com o uso de um transportador pneumático, os padrões de limpeza e higiene em todos os departamentos de produção são elevados, representando a melhor solução para a eliminação de pontos incômodos de emissão de poeira. 

Além disso, todos os sistemas de transporte pneumático da RGS e comercializado pela Brasmo também possuem certificação ATEX.

Amplamente utilizados na indústria alimentícia

Os sistemas de transporte pneumático RGS são amplamente usados na indústria de alimentos, onde os padrões de higiene e qualidade devem ser constantemente atendidos.

Graças a uma longa experiência neste setor, a RGS tem a capacidade de produzir uma ampla gama de sistemas de transporte pneumático, todos conforme os regulamentos relativos aos materiais e objetos destinados a entrar em contato com produtos alimentares.

 

Quer saber mais? Então conheça essa e outras soluções que a Brasmo disponibiliza para o Brasil.

display-ORCAMENTO-EPI

Compartilhar
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Assine a Newsletter

Ao informar seus dados, você aceita receber comunicações.

7 dicas para aprimorar BPFs e evitar a contaminação cruzada

Na indústria alimentícia, a contaminação cruzada é uma das principais causas de doenças transmitidas pelos alimentos. Para evitar esse tipo de problema, existem as Boas

ESD: conheça as normas e certificações para descargas eletrostáticas

A descarga eletrostática (ESD) é uma ocorrência em que uma carga elétrica se acumula em uma superfície e é descarregada em outro material. Portanto, ela

Higiene industrial na área de produção: quais cuidados são necessários?

Cuidar da saúde e do bem-estar dos colaboradores de uma indústria é uma tarefa fundamental para o bom desempenho do negócio. Para isso, é necessário

Categorias

Ficou interessado ou está com alguma dúvida?