Como evitar problemas com descarga eletrostática em sua indústria

Descarga eletrostática

Relativamente comum no nosso dia a dia, a descarga eletrostática, também conhecida como ESD (Electrostatic Discharge), é um fenômeno que ocorre quando acontece uma rápida transferência de carga estática entre dois objetos com potenciais diferentes, especialmente quando eles entram em contato ou proximidade.

Em geral, a ocorrência da descarga eletrostática é inofensiva. No entanto, indústrias que trabalham com equipamentos eletrônicos devem ficar atentas, pois muitos de seus componentes são muito sensíveis às descargas elétricas.

Este é o caso da sua indústria? Então acompanhe nosso artigo de hoje e veja quais são as medidas que você deve adotar para evitar a descarga eletrostática e, assim, preservar seus componentes eletrônicos.

 

O que é descarga eletrostática (ESD)?

A descarga eletrostática (ESD – Electrostatic Discharge), é um fenômeno que acontece quando há uma rápida transferência de carga estática entre dois objetos com potenciais diferentes. 

Assim, para que a ESD aconteça, é necessário que exista um acúmulo de carga eletrostática. Ela é criada quando materiais diferentes se esfregam e um deles é carregado positivamente e o outro negativamente.

Quando essa carga entra em contato com o material certo, ela é transferida e temos um evento ESD.

A ESD é gerada basicamente por três meios: atrito, indução e contato.

  • Atrito: a descarga eletrostática é gerada pelo processo de fricção entre duas superfícies, em um fenômeno conhecido como triboeletrificação;
  • Contato: neste caso, a eletrização precisa de pelo menos um dos corpos carregado eletricamente.
  • Indução: Na eletrização por indução não há a necessidade de contato entre dois corpos. Deste modo, carga elétrica é atribuída a um objeto utilizando outro corpo carregado sem que haja contato entre eles.

 

Consequências da ESD para o ambiente industrial

Consequências da ESD para o ambiente industrial

De forma geral, o fenômeno da descarga eletrostática é oriundo da interação homem-objeto. Para o homem não há qualquer perigo, mas para equipamentos eletrônicos as consequências podem resultar em significativos prejuízos.

Assim, para a indústria, essa transferência de cargas poderá resultar em falhas que reduzem a vida útil, prejudicam o funcionamento ou até mesmo destroem o dispositivo permanentemente. Por exemplo, os componentes do disco rígido são sensíveis a apenas 10 volts.

Para impedir a ocorrência deste fenômeno, os fabricantes de dispositivos eletrônicos utilizados pela indústria devem adotar uma série de medidas em todos os processos de fabricação, teste, envio e manuseio, como trata a NR-10, que seu artigo 10.9.3, diz: 

Os processos ou equipamentos susceptíveis de gerar, ou acumular eletricidade estática devem dispor de proteção específica e dispositivos de descarga elétrica”.

 

Estratégias mais eficazes para evitar a descarga eletrostática

O aterramento é a forma mais comum de evitar a descarga eletrostática dentro do ambiente industrial, mas há também a necessidade da aplicação de outras medidas (principalmente EPIs e EPCs), tais como:

 

Uso de Jaleco antiestático

Produzido com fios de carbono agregados ao tecido, esse jaleco protege o operador e os equipamentos eletrônicos contra a descarga eletrostática. Certamente, ele é um grande aliado na prevenção, mas sozinho ele não é suficiente, exigindo outras medidas.

 

Uso de Calcanheiras dissipativas

Esse utensílio é bastante simples, mas permite a dissipação das cargas para o chão. Isso é importante porque a maioria dos calçados possui o solado de borracha, o que isola a pessoa do contato com o chão, não permitindo a passagem das cargas.

 

Adoção da manta antiestática

Em estações de trabalho, é comum que o contato com a bancada forme o acúmulo de cargas, aumentando as possibilidades de ocorrência do ESD. 

Por isso, nas bancadas recomenda-se o uso de uma manta antiestática, responsável por permitir a dissipação da energia formada pelo operador.

 

Luvas antiestáticas

Este item é indicado principalmente para quem trabalha na manutenção dos componentes eletrônicos. O corpo humano naturalmente produz descarga eletrostática pelo contato com a roupa, gordura das mãos, entre outros processos naturais. 

Este EPI terá a função de evitar o contato direto do homem com a máquina, impedindo a ocorrência de acidentes.

 

Pulseiras de aterramento

As pulseiras representam uma das medidas mais eficientes para evitar a descarga eletrostática. Elas possuem filamentos condutivos que direcionam a energia do usuário para o sistema de aterramento, evitando contato com o equipamento.

 

Adoção de escovas e pincéis de limpeza contra ESD

Estes itens são indispensáveis para limpar ou escovar peças e equipamentos sem a geração de cargas eletrostáticas nocivas ao processo, protegendo as pessoas e os equipamentos, permitindo a manutenção da alta performance na produção.

As escovas e pincéis antiestáticos da Brasmo, por exemplo, são fabricados numa variedade de materiais classificados como condutivos, dissipativos de estática ou antiestáticos.

Como você pode ver, estes EPIs e EPCs são simples e apresentam baixo custo, mas são essenciais para evitar retrabalho e perda de componentes, evitando despesas inesperadas e até a parada do equipamento eletrônico industrial.

 

Continue acompanhando o Blog da Brasmo e fique sempre informado sobre equipamentos de proteção e higiene industrial.

 

Compartilhar
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Assine a Newsletter

Ao informar seus dados, você aceita receber comunicações.

Caneta detectável: mais segurança para as indústrias

Promover a segurança de alimentos e medicamentos é uma tarefa contínua e exige muita atenção com cada detalhe. Neste contexto, o uso de uma caneta

Rodo industrial para limpeza: qual é a melhor opção?

Os serviços de limpeza desempenham um papel de relevância nas empresas. O uso de diferentes utensílios contribui com a higienização do ambiente e segurança da

Aspirador de pó industrial: 5 diferenciais da Brasmo

Quem gerencia uma fábrica sabe que manter o ambiente sempre limpo é fundamental para a saúde dos colaboradores e conservação dos equipamentos. Neste caso, o

Categorias

Ficou interessado ou está com alguma dúvida?