Como descartar resíduos industriais decorrentes de processos de limpeza?

Como descartar resíduos industriais decorrentes de processos de limpeza?

Dentro do ambiente fabril, a limpeza industrial é medida essencial para as instalações, os equipamentos e a segurança das pessoas. Mas, após esse processo, o descarte dos resíduos industriais deve ser realizado com muito cuidado.

O serviço deve ser feito da maneira correta e totalmente segura, sempre de forma a:

  • Seguir a legislação vigente para o tipo de resíduo;
  • Evitar a poluição e degradação do solo e da água.


Diante da necessidade das indústrias sobre o descarte dos resíduos, elaboramos este artigo. Nele você entenderá a importância da limpeza industrial, assim como a relevância do correto descarte de resíduos industriais.

O que são resíduos industriais?

O que são resíduos industriais?

Considerado um termo genérico, o resíduo industrial é o termo genérico utilizado para definir as sobras e rejeitos gerados pelo setor secundário (indústria) durante os mais diversos processos fabris.

A Norma Regulamentadora de número 25 (NR-25), responsável por fornecer as diretrizes de segurança e saúde no trabalho para o manejo de resíduos industriais, define resíduo industrial como:

Entendem-se como resíduos industriais aqueles provenientes dos processos industriais, na forma sólida, líquida ou gasosa ou combinação dessas, e que por suas características físicas, químicas ou microbiológicas não se assemelham aos resíduos domésticos (…)”.

Dessa forma, o resíduo é toda “sobra” decorrente da produção industrial que não pode ser descartada sem o devido controle, exigindo um método específico para sua eliminação. 

Por serem originados de processos industriais, a composição destes resíduos costuma ser mista, com muitos deles podendo trazer consequências negativas se descartados incorretamente.

Consequentemente, o correto descarte é essencial para que estes resíduos não comprometam o meio ambiente e a saúde pública.

Classe dos resíduos industriais

Diante do crescimento das exigências ambientais em todos os setores, adotar práticas ambientalmente corretas é essencial.

Dentre essas medidas, o descarte de resíduos industriais, inclusive os decorrentes da limpeza industrial, deve seguir todas as normas para ser realizado corretamente.

Ou seja, o descarte de resíduos da limpeza industrial deve atender exigências de órgãos vigentes para ser feito de maneira correta. 

Essa operação deve seguir, por exemplo, as regras  NBR 10.004:2004 da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) quanto aos resíduos, que são separados das seguintes maneiras:

Resíduos industriais de classe I (perigosos) – Contaminantes e tóxicos

Eles representam algum grau de periculosidade. Podem ser inflamáveis, tóxicos ou corrosivos. Assim como podem causar sérios riscos ao meio ambiente e à saúde de pessoas expostas a eles.

Resíduos industriais de classe II A (não inertes) – Possivelmente contaminantes

Embora não sejam tão perigosos, apresentam questões relacionadas à combustão, solubilidade em água ou biodegradabilidade

Logo, alguns exemplos de resíduos da classe são:

  • Fibras de vidro;
  • Resíduos do processo de limpeza de caldeiras;
  • Lodos de filtro, dentre outros. 

 

Desse modo, o lugar deste tipo de resíduo não pode ser na natureza.

Resíduos industriais de classe II B (inertes) – Não contaminantes

Esses são os rejeitos que, mesmo diluídos em água, não ameaçam a potabilidade para consumo humano

Essa classe é composta na grande maioria pelos materiais recicláveis que, por característica, não irão se degradar facilmente na natureza. Portanto, são menos nocivos.

Descartando os resíduos da limpeza industrial corretamente

Descartando os resíduos da limpeza industrial corretamente

Além da classificação dos resíduos industriais, a NBR 10.004:2004 também define quais devem ser as medidas para o descarte correto dos resíduos de cada classe.

Para a Classe I, os resíduos industriais devem ter como destino as instalações próprias e específicas para a eliminação dos compostos.

Segundo a ABNT, os resíduos da Classe II A devem ser destinados a aterros específicos e impermeáveis para evitar contaminação de solo e águas.

Por fim, os resíduos da Classe II B, por serem inertes, são adequados para o processo de reciclagem. Também podem ser destinados para aterros sanitários com maior segurança.

Além disso, dependendo da classificação, os resíduos industriais são transportados em caminhões específicos para essa função. Portanto, a prática evita vazamentos e previne acidentes ambientais até o destino final. 

Conheça a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS)

Criada em 2010, com o objetivo de reduzir a quantidade de resíduos nos aterros e lixões, a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) também deve ser acompanhada pela indústria para descartar os resíduos.

Com um conjunto de diretrizes, a lei prevê que os responsáveis pelos resíduos são todos aqueles que, de alguma forma, fazem parte do ciclo de vida de um produto.

Diante disso, a legislação prevê que todas as empresas geradoras de resíduos são obrigadas a elaborar o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS). O documento mostra o tipo e a quantidade de resíduos sólidos produzidos por determinada organização.

Além disso, determina as ações ambientais adotadas para a coleta, segregação, armazenamento, transporte, reciclagem, destinação e disposição final de todo resíduo gerado, inclusive aqueles gerados pela limpeza industrial.

Por fim, a PNRS também incentiva a inovação e o desenvolvimento de novas tecnologias baseadas na gestão de resíduos. Consequentemente, são criadas oportunidades para empresas que atuam nesse segmento, fomentando o crescimento econômico.

Portanto, invista na qualidade da limpeza industrial e evite casos de contaminação em decorrência dos resíduos gerados.

Para isso, você deve conhecer a linha de produtos de higiene industrial fabricada pela FBK e comercializadas em todo território nacional pela Brasmo.  

Com 135 anos de experiência na fabricação de escovas, rodos, baldes, entre outros utensílios, a empresa dinamarquesa é referência em limpeza industrial.  

Aumente a eficiência da limpeza da sua indústria. Baixe o catálogo de soluções da FBK e conheça todos os produtos e utensílios.

Baixe nosso catálogo de produtos FBK da Brasmo!

Compartilhar
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Assine a Newsletter

Ao informar seus dados, você aceita receber comunicações.

Fornecedor de EPIs descartáveis: por que escolher a Brasmo?

As revendas de equipamentos de proteção individual têm grande importância na garantia da segurança no ambiente de trabalho em diferentes segmentos. Diante disso, é essencial

Como descartar resíduos industriais decorrentes de processos de limpeza?

Dentro do ambiente fabril, a limpeza industrial é medida essencial para as instalações, os equipamentos e a segurança das pessoas. Mas, após esse processo, o

Limpeza em altura na indústria: desafios e soluções

Em uma indústria, a conservação das áreas externas e internas, assim como a limpeza de tubulações aéreas e telhados, são sempre necessárias. No entanto, por

Categorias

Ficou interessado ou está com alguma dúvida?